segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Um pouco da História do clássico Serra x Desportiva



Arte: GloboEsporte.com


O Blog traz um raio x dos confrontos entre Serra e Desportiva ao longo dos anos, relembrando alguns momentos históricos, com curiosidades e estatísticas.

Serra e Desportiva já se enfrentaram em partidas oficiais pelo Campeonato Capixaba Série A, Copa Espírito Santo e Campeonato Brasileiro Série B.

A primeira partida oficial entre os dois clubes ocorreu no dia 04 de maio de 1998, no Estádio Engenheiro Araripe, pelo Campeonato Estadual, a Desportiva venceu por 2 x 0.

Os dois clubes decidiram o Capixabão de 2000, ganho pelo time de Jardim América. Foi a única decisão de campeonato decidida pelos dois rivais.


  Foto histórica do duelo entre o Serra, ainda amador, contra a Desportiva, pela Copa Metropolitana 1990


Nos confrontos gerais o Serra leva ampla vantagem em relação ao rival Grená, tendo vencido mais.

A última vitória da Desportiva sobre o Serra pelo Capixabão foi no dia 08/04/2001, 3 x 1 no Robertão, há 13 anos atrás.

A Desportiva chegou a ficar 6 anos sem vencer o Serra , entre os anos de 2001-2007, depois da vitória de 3 x 1 no Robertão pelo Campeonato Estadual, a Tiva só voltou a vencer o Tricolor no dia 09 de setembro de 2007, 2 x 0 no Engenheiro Araripe,  pela Copa Espírito Santo.


 GERAL 1998-2014      34 JOGOS     10 EMPATES         
    
 Serra
Desportiva


K

15 Vitórias
9 Vitórias
  54 Gols Pró
  48 Gols Pró




A decisão do Capixabão 2000

                                           
Serra e Desportiva decidiram o Capixabão do ano 2000, com os Grenás ficando com o titulo.

O Campeonato Capixaba de 2000 começou no dia 11 de março e reuniu 11 participantes. A disputa foi dividida em dois turnos de pontos corridos, onde todos os clubes se enfrentaram. O Rio Branco derrotou o São Mateus na final e ficou com o primeiro turno. No segundo, o Estrela derrotou o Riachuelo, de Aracruz. 


video
                                                                  Imagens: TV Gazeta    


Para o quadrangular final, além dos campeões de cada turno, foram incluídos os dois melhores times na classificação geral: Serra e Desportiva. Nas semis, A Tiva venceu o Estrela no primeiro jogo, empatou os outros dois e se classificou para pegar o Serra, que passou fácil pelo Rio Branco.

O primeiro confronto entre Desportiva e Serra aconteceu no dia 16 de julho. Um domingo. A partida realizada no estádio Engenheiro Araripe teve 4.870 torcedores pagantes. Tido como favorito, o Serra, que era o atual campeão capixaba, foi melhor no primeiro tempo e teve boas chances com os atacantes Peter e Peres. A Tiva quase não teve chances de gol.

A história foi completamente diferente na etapa final e os grenás foram superiores do início ao fim. Se o meia Luciano perdeu ótima chance dentro da pequena área logo aos quatro minutos, outro homem do meio-campo, aos 25, fez a festa grená. Com um lindo chute da entrada da área, o volante Léo Gonçalves, acertou o ângulo, sem chance para o goleiro Cláudio Márcio. Final: Desportiva 1 x 0.



video
                                                                Imagens: TV Gazeta


A vitória no jogo de ida deixou a Desportiva em vantagem e uma nova vitória no jogo da volta daria o título ao time de Jardim América. A segunda partida aconteceu no Estádio Robertão. O duelo foi no dia 23 de julho, os grenás começaram arrasadores e abriram 2 a 0 ainda no primeiro tempo. Os dois gols fora do camisa 7 Luciano.

Com o apoio da sua torcida que esgotou todos os ingressos colocados à venda, o Tricolor Serrano foi para cima da Tiva e conseguiu reagir na etapa final. O primeiro a marcar para o Serra foi o atacante Peres, aos 18 minutos, com um chute cruzado que entrou no canto direito de Merivaldo. O empate dos donos da casa veio aos 30 minutos, com o também atacante Rodrigo Cruz, que cabeceou para encobrir o goleiro grená. O resultado forçou uma terceira partida, que foi marcada para o sábado seguinte, dia 30 de julho.


Jogadores da Desportiva comemoram um dos gols da decisão (Foto: Chico Guedes)


Mesmo com toda a festa a da torcida mandante, o jogo foi marcado por uma tragédia. Na comemoração do primeiro gol Tricolor, uma das arquibancadas metálicas instaladas para ampliar a capacidade do Robertão cedeu e causou um acidente. A criança Nayara Ferreira da Silva, de 10 anos, que assistia o jogo com a família, caiu e bateu a cabeça no chão. O impacto provocou um coágulo no cérebro de Nayara e a menina foi internada em um hospital da região, em estado greve. Nayara foi operada, mas não resistiu e morreu quatro dias depois.

Por ter feito melhor campanha na classificação geral, o Serra tinha o direito de mandar a terceira partida dentro de casa. No entanto, por conta de todos os problemas no estádio Robertão, o confronto aconteceu no estádio Kleber Andrade, em Cariacica.

A Desportiva começou arrasadora e fez o primeiro logo aos 10 minutos, com o atacante Sharlei. A show continuou no segundo tempo e o placar foi ampliado aos nove, com um gol do volante Léo Gonçalves. Aos 30, o atacante Miquimba fez o terceiro e último gol grená. A Tiva ainda desperdiçou um pênalti com Sharlei. Final: Tiva 3 a 0. O time grená garantia, ali, sua 16ª taça do Capixabão



O Serra e as "duas" Tivas



 


Em maio de 1999 foi firmada uma parceria, em que o clube ferroviária assinou contrato com um grupo privado para a criação do clube-empresa chamado Desportiva Capixaba S.A., cuja participação acionária foi de 51% para o Grupo Villa-Forte e 49% para o clube de Jardim América. A partir daí, a Ferroviária perdeu a autonomia sobre seu futebol. Mal gerido, o clube-empresa acumulou fracassos e chegou a encerrar suas atividades no futebol profissional em 2005. O clube-empresa acabou em 2011. Desde então o time ferroviário voltou a se reerguer, conquistando o Campeonato Estadual e a Copa ES.



                                       Serra em ação contra a Desportiva Ferroviária em 1998

                      ...Dois anos depois, frente a frente com a Desportiva Capixaba


Acontece que, apesar de perder o titulo estadual em 2000, o Serra sempre se deu bem contra a Desportiva Capixaba, vencendo a maioria dos 27 duelos que disputaram até então, destaque para a sonora goleada de 6x0 em pleno Engenheiro Araripe, pelo Campeonato Brasileiro Série B 2000, sendo esta a maior goleada de toda a competição.

 GERAL 2000-2010       24 JOGOS     10 EMPATES         
    
 Serra

Desportiva Capixaba


K

13 Vitórias

4 Vitórias
  46 Gols Pró

  32 Gols Pró
              


Contra a tradicional Desportiva Ferroviária o Serra sempre teve dificuldades, sendo que o Grenás levam vantagem nos confrontos diretos contra o Tricolor. As equipes só estiveram frente a frente por 10 vezes ao longo da história, levando em conta apenas as competições oficiais. 

Os apenas 10 jogos disputados ao longo da história pelos hoje rivais, se deve ao fato do Serra, clube mais antigo que a Desportiva, ter se profissionalizado no futebol apenas no ano de 1997, e a Desportiva Ferroviária ter "virado" Desportiva Capixaba em 2000, voltando a ser Ferroviária apenas em 2011.


GERAL 1998-2014      10 JOGOS     3 EMPATES         
    
 Serra

Desportiva 
Ferroviária


K

2 Vitórias

5 Vitórias
 9 Gols Pró

16 Gols Pró
            

Freguesia Grená no Capixabão

Ta certo que a Desportiva foi campeã Capixaba na única decisão direta que teve com o Tricolor, mas o números mostram que no geral a Tiva é freguesa de carteirinha do Serra, sendo que a última vitória Grená pelo Estadual foi em 2001 (exatos 13 anos atras) 3x1 no dia 08 de Abril, no Estádio Robertão.



CAMPEONATO CAPIXABA                                                


1998   04/05 Desportiva 2 x 0 Serra
           12/06 Serra 2 x 0 Desportiva                             
                                                                       
1999   02/05 Serra 0 x 2 Desportiva
           27/06 Desportiva 0 x 1 Serra                     

2000   16/04 Desportiva 0 x 2 Serra
           04/06 Serra 3 x 2 Desportiva
           16/07 Desportiva 1 x 0 Serra
           23/07 Serra 2 x 2 Desportiva
           30/07 Serra 0 x 3 Desportiva 
                   
  

                     



                                                                                                                    
            
  2001   04/03 Desportiva 2 x 2 Serra 
             08/04 Serra 1 x 3 Desportiva

  2002   13/02 Desportiva 0 x 2 Serra
             21/04 Serra 1 x 0 Desportiva

  2004   16/04 Serra 1 x 0 Desportiva
             20/06 Desportiva 1 x 2 Serra

        





2008   23/01 Desportiva 2 x 2 Serra 
           08/03 Serra 2 x 1 Desportiva


2009   24/01 Serra 2 x 1 Desportiva
           25/03 Desportiva 3 x 3 Serra

2010   17/09 Desportiva 2 x 4 Serra
              01/05 Serra 3 x 2 Desportiva





* A Desportiva não participou nas edições dos anos 2003, 2005, 2006, 2007, 2011 e 2012
* O Serra não participou das edições dos anos 2013 e 2014



GERAL       21 JOGOS     4 EMPATES         
    
 Serra
Desportiva


K

12 Vitórias
5 Vitórias
 35 Gols Pró
 29 Gols Pró





Na Copa Espírito Santo, domínio Grená

Serra e Desportiva se cruzaram em 4 edições da Copa Espírito Santo, nos anos de 2007, 2008, 2011 e 2012. A Desportiva sempre tem levado a melhor nesse torneio.


Desportiva x Serra, Copa ES 2011 ( foto CapixabaFC.com)


Serra x Desportiva, pela Copa ES 2012 (Foto: Adriano Barbosa)


O duelo mais importante e dramático das equipes por essa competição, ocorreu em 2012, quando Grenás e Tricolores fizeram uma das semi-finais do torneio. 

No primeiro jogo foi no Engenheiro Araripe, e o placar foi de 1 x 1, o que dava ao Serra (por ter feito gol fora de casa) a vantagem de jogar pelo 0 x 0 no jogo de volta no Estádio Robertão.

No jogo de volta, Serra foi melhor durante toda a partida, teve gol anulado duvidoso e no decorrer da partida procurou administrar a vantagem do 0 x 0 que o levava a final. Eis que no final dos 90 minutos, o arbitro Rudimar Goltara (CBF) assinalou 5 minutos de acréscimo, mas esqueceu de encerrar a partida aos 50 minutos. A Desportiva marcou o seu gol salvador no minuto 51, 6 minutos além do tempo regulamentar e o arbitro encerrou a partida no minuto 52 (muito inusitado e estranho) prejudicando ( ao meu ver) o time do Serra.

Assim, a Desportiva foi a final, ganhado o titulo posteriormente em cima do seu arqui-rival Rio Branco.  



video
                                                           Reportagem Esporte Capixaba  



                                                        COPA ESPÍRITO SANTO

                                                  2007  24/08 Serra 2 x 1 Desportiva
                                                            09/09 Desportiva 2 x 0 Serra

                                                  2008  31/08 Serra 2 x 2 Desportiva
                                                            27/06 Desportiva 0 x 1 Serra        
                                                                                     
                                                  2011  27/08 Desportiva 3 x 1 Serra
                                                            30/10 Serra 1 x 4 Desportiva

                                                  2012  04/08 Desportiva 2 x 2 Serra
                                                            08/09 Serra 1 x 1 Desportiva
                                                            27/10 Desportiva 1 x 1 Serra
                                                            03/11 Serra 0 x 1 Desportiva    

                                
        
GERAL       10 JOGOS     4 EMPATES         
    
 Serra
Desportiva


K

2 Vitórias
4 Vitórias
  11 Gols Pró
  17 Gols Pró




Competições nacionais


Serra e Desportiva se enfrentaram 3 vezes pelo Campeonato Brasileiro da Série B, nos anos 2000 e 2001


Serra aplicou uma goleada histórica pela copa João Havelange 2000: 6 x 0

Em 2000 o
Campeonato Brasileiro foi denominado pelo Clube dos 13 como Copa João Havelange, pelo fato da CBF estar  impossibilitada pela Justiça de organizar o campeonato devido uma ação judicial movida pelo Gama-DF. Mas como o Clube dos 13 não pôde aplicar os critérios de acesso e descenso do ano anterior, acabou gerando o maior Campeonato Brasileiro de todos os tempos, reunindo 116 clubes de três divisões em um único torneio, porém dividido em 4 módulos na sua primeira fase. 


 

Serra e Desportiva jogaram o Modulo Amarelo, que era composto por times da Série B e da Série C: 36 clubes - os 20 que, pelos critérios de acesso e descenso do ano anterior, deveriam disputar a Série B, menos os 5 últimos citados acima, mais 21 clubes convidados pelo Clube dos 13 de séries inferiores a B, com aval da CBF.

No Grupo B do Módulo Amarelo, a dupla Capixaba se enfrentou uma única vez  na competição, e foi no dia 10 de setembro, no Engenheiro Araripe, o Serra aplicou a maior goleada da Série B daquele ano, 6 x 0! acabando de vez com qualquer aspiração Grená em classificação para a próxima fase.




Módulo Amarelo - Grupo B
PosTimesPtsJVEDGMSG
1Fortaleza351710523825
2São Raimundo30179353224
3Sampaio Corrêa30179352324
4Náutico28178452216
5Paysandu28178452217
6Anapolina28177732414
7Remo26177552321
8CRB26176832519
9Serra25177462622
10ABC23176562624
11River22176472323
12América-RN21175662423
13Ceará21175662019
14CSA20176292229
15Nacional-AM19175483437
16Desportiva161751111942
17Vila Nova-GO111725102025
18Bandeirante91716101635


No Campeonato Brasileiro da Série B do ano seguinte, Serra e Desportiva também representaram o futebol Capixaba na competição nacional.

Em 2001 as equipes se enfrentaram por duas ocasiões, jogos de turno e returno, sendo que ambas as partidas terminaram empatadas pelo placar de 1 x 1, sendo as duas partidas realizadas no campo da Desportiva, Engenheiro Araripe, pois o Robertão não possuía a capacidade exigida pela CBF.


Serra 1 x 1 Desportiva, 2001

Tanto Serra como Desportiva fizeram péssimas campanhas naquele ano, e foram ambos rebaixados para a Série C do Campeonato Brasileiro, sendo que o Serra terminou na última colocação, e a Desportiva, que no ano anterior tinha levado de 6 do Serra, também sofreu a maior derrota da Série B 2001: 7 x 0 para o Londrina, no Paraná. 

Depois da queda de Serra e Desportiva para a Série C em 2001, o futebol Capixaba nunca mais voltou a disputar a Série B do Campeonato Brasileiro


CLASSIFICAÇÃO FINAL - SÉRIE B 2001
CLUBESPGJVEDGPGCSG
  Paysandu (PA)
593414164603624
  Figueirense (SC)
543416612614912
  Caxias (RS)
5534151095345 8
  Avaí (SC)
5434159104843 5
  Náutico (PE)
4428135104738 9
  CRB (AL)
4428135103839-1
  União São João (SP)
43281198453114
  Ceará (CE)
412812511524111
  Joinville (SC)
41261187392613
 10º Fortaleza (CE)
40261178402713
 11º São Raimundo (AM)
3826115103637-1
 12º América (RN)
382691163230 2
 13º Vila Nova (GO)
3726121134244-4
 14º Americano (RJ)
3726114113236-4
 15º Londrina (PR)
372610794536 9
 16º Bragantino (SP)
3526112134043-3
 17º Anapolina (GO)
3426104124547-2
 18º XV de Piracicaba (SP)*
3326122123945-6
 19º Remo (PA)
322695123339-7
 20º Sampaio Corrêa (MA)
322695123240-8
 21º Malutrom (PR)
3528105133438-4
 22º Criciúma (SC)
342897123841-3
 23º Tuna Luso (PA)
332896133747-10
 24º Sergipe (SE)
322889113944-5
 25º Desportiva (ES)
292685132648-22
 26º ABC (RN)
292678113341-8
 27º Nacional (AM)
252667131330-17
 28º Serra (ES)
242666143348-15
  
........



                                    CAMPEONATO BRASILEIRO SÉRIE B

                                         2000 10/09 Desportiva 0 x 6 Serra

                                         2001  09/09 Desportiva 1 x 1 Serra
                                                   28/10 Serra 1 x 1 Desportiva


        
GERAL       3 JOGOS     2 EMPATES         
    
 Serra
Desportiva


K

1 Vitórias
0 Vitórias
   8 Gols Pró
   2 Gols Pró
















Um comentário:

  1. Parabens pelo ótimo trabalho, não podemos deixar o futebol capixaba morrer. Saudações grená!!

    ResponderExcluir